quinta-feira, 20 de maio de 2010

Bombril Eco | Sustentabilidade e responsabilidade ambiental


A Bombril lança nova campanha para destacar os atributos ecologicamente corretos da esponja de aço. Ao contrário das sintéticas, ela se desintegra na natureza e vira pó, sendo “amiga” do meio-ambiente.

A campanha para o novo visual do produto criada pela W/McCann é composta por três filmes: “Biodesagradável” , "Placar” e “Cacique”, que serão exibidos na Globo, Record, SBT, Rede TV, Band, Gazeta e em canais fechados como Sony, Universal, Globo News, GNT, Multishow e Warner. Carlos Moreno, o consagrado garoto Bombril protagoniza os filmes, e conta com a participação do ator Paulo Silvino em um dos três.

A mudança de embalagem também vai ser evidenciada em Outdoors das principais rodovias do estado de São Paulo e em anúncios impressos nas revistas Veja, IstoÉ, Caras, Contigo, IstoÉ Gente, Viva Mais, Ana Maria, Tititi, Minha Novela, Sou + Eu e Maxima. Justificando os investimentos de aproximadamente trinta milhões de reais para a divulgação da nova imagem da marca.

Com uma nova embalagem, a Bombril tenta combater os vilões do meio ambiente e vincular ao produto a ideia de sustentabilidade e responsabilidade ambiental.

3 COMENTÁRIOS:

Martina disse...

Estas propagandas do Bombril são um deboche, para dizer o mínimo e ainda ser educada com a infeliz criatura que as "gestou" (e, por consequência, as pariu!). Trocadilhos à parte, vamos aos fatos:
O aço provém do minério de ferro, recurso natural NÃO RENOVÁVEL. É verdade que o referido produto enferruja e se degrada em pouco tempo. Entretanto, ao descartar um Bombril, nova esponja de aço será necessária. Para tal, é preciso extrair mais minério de ferro, em um processo com razoável impacto ambiental. Junte-se a isso o fato de que, por não ser fruto de "geração espontânea", o Bombril é o resultado de um processo industrial complexo.
Em segundo lugar, Bombril vem em embalagem plástica: acho que o sujeito esqueceu deste detalhe, embora não tenha poupado esforços para colocar adjetivos negativos na esponja . A cada pacote de Bombril comprado, e descartado rapidamente, mais e mais embalagens plásticas se acumularão por aí. E nem adianta dizer que elas são recicláveis, pois esta não é a solução para o problema da geração de resíduos.
Por fim, uma pergunta: estariam estes cérebros privilegiados sugerindo que o Bombril e as esponjas executam a mesma função, na lavagem da louça? Como comparar produtos com finalidades diferentes?
Se vivêssemos em um país sério, piadas de mau gosto como estas não seriam “vomitadas” por aí! A partir de hoje, minhas análises técnicas vão extrapolar os limites da Universidade. Serei incansável, e podem estar certos: tenho muita munição, e muito alvo!

Anônimo disse...

Gostei !!! auahua é isso aê!

Flávio Paschoal disse...

Uma resposta descente. Parabéns!

Postar um comentário

Veja Também with Thumbnails